terça-feira, 3 de janeiro de 2017

TARIFAS NÃO FORAM CONTEMPLADAS


A excessiva penalização das tarifas de eletricidade junto com o congelamento do preço dos combustíveis é um obstáculo a adoção de veículos mais leves e eficientes que aliviariam o trânsito caótico e a poluição local das grandes cidades, tanto “flex” quanto híbridos elétricos. Subsidiar transporte e produção de comodities pode tornar alimentos mais baratos ao trabalhador, mas não produz empregos relevantes na agricultura e mineração que utiliza meios tecnológicos. Ao contrário, penalizar a produção industrial por meio de tarifas elevadas reduz a concorrência do país, justamente nas indústrias mais ocupadoras de mão de obra: alimentos, têxteis e manufaturas. O grande sucesso atribuído ao agro-negócio e mineração se deve aos subsídios ao combustível (álcool, diesel e gasolina) que tanto criticamos quando praticado pelos países industrializados. Estamos, sem o saber, ganhando a batalha, mas perdendo a guerra para os chineses e indianos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário